Resultados encontrados: UNIVERSO

ASTEROIDE IDA

ASTERÓIDES

Postado por e arquivado em .

        Asteróides são objetos sem atmosfera, rochosos e metálicos, que giram ao redor do Sol e cujos tamanhos variam de alguns poucos metros até quase 1000 km (o maior deles, Ceres, tem 980 km de diâmetro). São conhecidos dezesseis asteróides com diâmetro superior a 240 km, mas até hoje só três deles […]

BURACO NEGRO 1

BURACO NEGRO

Postado por e arquivado em .

Baseando-se em trabalhos do cientista e físico inglês Isaac Newton (1643-1727), o professor, naturalista, astrônomo e geólogo inglês John Michell (1724-1793), sugeriu em 1783 a hipótese da existência de estrelas compactas e de massa tão elevada que sua enorme força gravitacional impediria que até mesmo a luz escapasse à sua ação. Dois séculos mais tarde, […]

COMETA DE HALLEY 1

COMETA DE HALLEY

Postado por e arquivado em .

  Os cometas são os objetos celestes que mais deram origem a temores e superstições no passado, despertando, hoje, uma enorme curiosidade. Eles podem ser periódicos, assim chamados os que percorrem uma órbita regular ao redor do Sol; ou não-periódicos, quando entram no sistema solar e voltam a desaparecer entre as estrelas. O cometa de […]

COMETAS 11

COMETAS

Postado por e arquivado em .

A idéia popular de cometa é de um astro vistoso, com uma cabeça brilhante e uma longa cauda. Assim eram os objetos que causaram pânico em povos antigos, talvez pelo fato de quebrarem a aparente imobilidade das estrelas. Quando se soube que a passagem do cometa de Halley (1910) seria visível, era crença popular que […]

CONSTELACOES 1

CONSTELAÇÕES

Postado por e arquivado em .

A divisão das estrelas em grupos chamados constelações foi feita em épocas bem antigas, mas apesar disso a distribuição desses agrupamentos celestes, visíveis a olho nu, não sofreu grandes mudanças. Ainda hoje, todas as constelações indicadas no catálogo do astrônomo grego Hiparco, que viveu por volta de 190 a 125 a.C., podem ser identificadas com […]

ECLIPSE 1

ECLIPSE

Postado por e arquivado em .

Entre os povos da antiguidade, o fenômeno do eclipse era acompanhado de grandes temores. Para os chineses, por exemplo, ele seria causado por um dragão que tentava engolir o Sol. Já para os antigos noruegueses, ele ocorria quando dois lobos gigantes perseguiam o Sol e a Lua, quase conseguindo devorá-los. Em muitos casos o fenômeno […]

ESCALA DE TEMPO GEOLOGICO 1

ESCALA DE TEMPO GEOLÓGICO

Postado por e arquivado em .

Geologia é a área da ciência que estuda o processo de formação e composição da Terra, fornecendo uma visão geral da evolução do planeta desde o seu surgimento até os dias de hoje. Alguns dos campos de estudo relacionados à geologia são a geofísica, que analisa fenômenos químicos relacionados ao planeta; a mineralogia, que estuda […]

ESTRELAS CADENTES 1

ESTRELAS CADENTES – 1

Postado por e arquivado em .

  O antigo medo de o céu cair nas nossas cabeças não é de todo descabido de razão. O espaço interplanetário está repleto de partículas de poeira e de pedras que irrompem na nossa atmosfera, ardem e na maior parte dos casos, vaporizam-se. Por vezes, alguns blocos maiores atravessam o invólucro gasoso do nosso planeta […]

ESTRELAS CADENTES 21 - 2

ESTRELAS CADENTES – 2

Postado por e arquivado em .

Durante muito tempo as “estrelas cadentes” foram interpretadas como corpos atmosféricos misteriosos, sendo-lhes atribuído o prenúncio de eventos maléficos. Os gregos já sabiam que este fenômeno não correspondia à mudança ou queda de estrelas reais, pois estas eram fixas e distantes, mas não encontraram uma explicação para os rastos luminosos do firmamento.  Hoje se sabe […]

ESTRELASD CADENTES 31- 2

ESTRELAS CADENTES – 3

Postado por e arquivado em .

  O primeiro grande avanço no reconhecimento da queda de meteoritos surgiu em 1794, quando E.F. Chladni, advogado e físico alemão, escreveu o livro “Observações Sobre uma Massa de Ferro Encontrada na Sibéria pelo Professor Pallas e Outras Massas desse Tipo, com Algumas Conjecturas Relativas à Conexão com Certos Fenômenos Naturais”. Nele Chladni relacionava as […]