Resultados encontrados: I a M

INÊS É MORTA

Postado por e arquivado em , .

Inês de Castro (1320-1355), prima do Infante D. Pedro (1320-1367), depois Pedro I, rei de Portugal, era dama de companhia de Constança, esposa do príncipe. Um dia, quando este a viu, ficou tão atraído por sua beleza que acabou se amasiando com ela, mas o rei Afonso IV, pai de Pedro, insatisfeito com aquela situação, […]

LAVAR AS MÃOS

Postado por e arquivado em , .

Lavar as mãos é uma atitude sobretudo higiênica. Ela nos resguarda da companhia de hóspedes indesejáveis – como vermes e micróbios nocivos à saúde – e por isso deve ser praticada habitualmente por todos nós, principalmente antes das refeições. Mas além desse significado salutar, a frase-feita tem outro nem tanto assim, já que também serve […]

LEITO DE PROCUSTO

Postado por e arquivado em , .

A criminalidade, além de ser a qualidade ou estado do que ou de quem é criminoso, também indica a freqüência e natureza dos atos criminosos num dado meio, numa época e lugar determinados, constituindo, portanto, o conjunto e a história dos crimes. Já a criminologia estuda a conduta do delinqüente em função de alguns fatores, […]

LEVADO DA BRECA

Postado por e arquivado em , .

Usava-se antigamente, em Portugal e no Brasil, a expressão popular “levado da carepa”, entendida por alguns autores como sendo indicadora de alguém que fosse insinuante, capaz, e possuidor de conhecimentos adquiridos através da vivência nos meandros sociais. Na verdade, a palavra está incluída em nossos dicionários com significados diferentes, e no que diz respeito ao […]

LOBO EM PELE DE CORDEIRO

Postado por e arquivado em , .

Fábulas são narrativas de acontecimentos fingidos, inventados para instruir ou divertir as pessoas. Sendo assim, elas relatam histórias fictícias que visam dar representação concreta a uma idéia abstrata, ou, sobretudo, a um conceito moral. São diferentes das parábolas, pois enquanto estas não ultrapassam os limites do provável, do que é possível acontecer, as fábulas procuram […]

MACACO VELHO NÃO METE A MÃO EM CUMBUCA

Postado por e arquivado em , .

A árvore sapucaia, também conhecida como castanha-sapucaia ou cumbuca-de-macaco, é encontrada na floresta amazônica e Mata Atlântica. Ela pode atingir até 30 metros de altura – embora a maioria fique entre os 5 e 15 metros -, possui copa densa e produz frutos arredondados e de casca dura, com formato de urna, ou cumbuca (cabaça […]

MÃE CORUJA

Postado por e arquivado em , .

O escritor, poeta e fabulista francês La Fontaine (1621-1695) deixou uma obra literária que inclui contos, novelas românticas, peças teatrais, versos místicos, poemas soltos e fábulas. Apesar de grande parte dos seus 240 apólogos ser baseada nos trabalhos de Esopo, Fedro e Babrio, ou em lendas francesas e orientais, ainda assim esses trabalhos são verdadeiras […]

MAL E PORCAMENTE

Postado por e arquivado em , .

A expressão original seria “mal e parcamente”, unindo o substantivo mal, com sentido de sofrimento físico e moral (como doença, desgraça ou infortúnio), à ação das deusas Parcas, que presidiam a vida humana (o termo de composição “mente” indicando modo, intenção, fim). Sendo assim, o sentido da frase seria o de precisar que se as […]

MÃO-DE-VACA

Postado por e arquivado em , .

A vaca, fêmea do boi, é um animal cuja carne se destaca entre as mais sadias e nutritivas para o ser humano. Além de ser a que fornece mais elementos protéicos, é também a de digestão mais fácil, desde que não seja acompanhada de um excesso de temperos. Há, no mundo, diversas maneiras de prepará-la, […]

MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS

Postado por e arquivado em , .

A origem dessa expressão tem versões diferentes, e a mais aceitável delas conta que a partir de 1777 reinou em Portugal a rainha Maria I (1734-1816), sucedendo a seu falecido pai, o rei José I. Mas a morte do marido, ocorrida em 1786, e a do filho primogênito em 1788, seguidas em 1789 pela Revolução […]